FUNDAÇÃO – Tipos e importância

importancia e tipos de fundação de casas e predios

Quando se resolve levantar um imóvel sobre um terreno, a primeira coisa a se fazer é construir sua fundação, ou seja, a parte da casa ou do prédio que receberá todo o peso da edificação, transferindo-o para o solo, sem causar danos ou rupturas do terreno.  A fundação terá características (tipo, dimensões e forma) específicas, de acordo com a carga (peso atuante) e o tipo de solo (resistência).

Se o solo é firme na superfície, normalmente se emprega uma fundação direta (sapata ou bloco) fazendo-se, para isso, uma simples escavação, com posterior nivelamento e compactação. A sapata é uma estrutura de concreto armado, sobre a qual se apoiam colunas, pilares ou paredes. O bloco é uma espécie de sapata de grande espessura, normalmente de concreto ciclópico, que dispensa a armadura.

 Diferentes tipos de solo vão apresentar níveis diferentes de resistência máxima à compressão. Por exemplo: o barro macio suportará 1,0kg/cm2; o barro úmido com areia molhada, 2,0kg/cm2; barro ou areia em camadas alternadas, 2,5kg/ cm2; barro seco ou areia fina e firme, 3,0 cm2; areia grossa ou cascalho ou terra natural compacta, 4,0Kg/cm2; cascalho grosso, pedra e barro estratificados, 6,0kg/ cm2; xisto duro, 10,0kg/ cm2; rocha nativa muito dura, 20,0kg, cm2. (Fonte: CHAVES, Roberto. Manual do construtor. Rio de Janeiro: Ediouro, 1997).

O calculo estrutural e projeto de fundação é feito por engenheiros,

Clique aqui para pedir orçamento de projetos

TIPOS DE FUNDAÇÕES

Existem vários tipos de fundações na construção civil, e se classificam em diretas e indiretas, conforme a forma de transferência de cargas da estrutura para o solo onde ela se apóia.

Tipos de fundação: Blocos e Alicerces, Bloco em alvenaria de tijolos, sapata, sapata isolada, sapatas corridas, sapatas associadas, sapatas alavancadas, Radier, Tubulão a céu aberto, Tubulão a ar comprimido, Estacas de Madeira, Estacas Metálicas, Estacas Pré-Moldadas de Concreto, Estacas Mega, Brocas, Estacas Strauss, Estacas Franki, Estacas Raiz, Estacas Escavadas e Barretes.

FUNDAÇÃO PROFUNDA

Se um terreno é pouco resistente à compressão na superfície, será preciso detectar, por meio de perfurações, em que profundidade se encontra o terreno firme. Estando a mais de 6 metros de profundidade, o mais indicado e econômico será construir uma fundação profunda (ou fundação indireta), utilizando-se estacas.  

Por este método, são consideradas não só a taxa admissível do terreno, ou seja, sua capacidade de suportar compressão, mas também, a sua taxa de aderência às paredes da estaca.

Para enterrar as estacas, utiliza-se um equipamento chamado bate-estacas, que levanta várias vezes um peso (maço) e o deixa cair sobre a cabeça da estaca, que vai afundando pouco a pouco.

TIPOS DE ESTACAS

As estacas podem ser de madeira, concreto, aço ou ferro.

As estacas de madeira devem ser de madeira dura e resistente, tratada com produtos que a protejam contra insetos e fungos. Normalmente utilizam-se troncos de árvore redondos, lisos, descascados e retos. As dimensões podem variar de 5 a 8 metros de comprimento por 15 a 35 centímetros de diâmetro. Na extremidade que será fincada no solo, insere-se uma ponta de aço para abrir caminho.  

Estacas de concreto são pré-moldadas e levadas já prontas ao local de enterramento.  Possuem uma ponta na extremidade em formato piramidal para abrir caminho. São mais duráveis e resistentes que as de madeira e indicadas para profundidades entre 1 e 20 metros. Sua largura pode variar de 25 a 45 centímetros. 

Diferentemente das estacas de madeira e de concreto pré-moldado, as estacas de aço ou de ferro fundido têm uma ponta em formato de rosca. Isso porque são enterradas por meio de rotação, e não por golpes de um maço. Seu diâmetro varia entre 15 e 20 centímetros.

Outro método bastante comum é o que utiliza a chamada estaca Strauss. Enterra-se um tubo de aço de 25 a 40 cm de diâmetro, por meio de um bate-estacas. Em seguida, começa-se a preencher o orifício do tubo com concreto, que vai sendo socado por um pilão para aumentar o adensamento. À medida que o concreto vai caindo, o tubo vai sendo retirado.

Se você tem Empresa ou é um profissional de obras e reformas e deseja responder os pedidos gerados pelo nosso sistema acesse o link abaixo e cadastre-se.

cadastrar empresa

 

Deixe uma resposta